Cadeiras ou Banquetas?
Por adove Em Dicas Postado: 26 de Janeiro de 2018

Cadeiras ou Banquetas?

O empreendedor que está montando ou reformando seu espaço de alimentação, bar ou restaurante, sabe que é preciso pensar em muitas coisas: o layout do espaço, o fornecimento da cozinha, a iluminação, até os mais pequenos detalhes. A escolha pelos móveis entra nessas decisões e merece atenção muito especial, visto que serão os móveis (especialmente mesas, cadeiras, balcões e banquetas) que irão acomodar os clientes enquanto desfrutam do espaço e das refeições. Já escrevemos algumas dicas de como montar um bom espaço de alimentação aqui, mas hoje falaremos exclusivamente das responsáveis pelo conforto e acomodação dos usuários: as cadeiras e banquetas.

Escolhendo assentos para área de alimentação

Afinal, como decidir se o espaço contará com cadeiras ou com banquetas? E que tipo de cadeiras ou banquetas colocar? No que é necessário pensar ao fazer esta escolha?

Para tomar essa decisão, você deve conseguir responder algumas perguntas:

  • Qual é o seu modelo de negócio?
  • O ambiente será familiar ou “descolado”?
  • Seu espaço visa servir refeições rápidas ou será um lugar para que as pessoas desfrutem algumas horas?
  • Quanto de espaço você tem disponível?
  • É possível oferecer mais de um ambiente? (Como uma área de bar e uma de alimentação, por exemplo.)

Cerutti MobiliEssas e outras perguntas do mesmo calibre ajudarão a nortear na escolha dos assentos, visto que tanto as cadeiras quanto as banquetas possuem vantagens. É possível também que você possa alocar ambas, se for do interesse oferecer mais de um tipo de ambiente. Um modelo muito comum nos Estados Unidos são os restaurantes contarem com um espaço de bar, onde as pessoas podem assistir TV, pedir drinks e entradas rápidas enquanto sentam ao balcão, geralmente em banquetas. Mesmo assim estes restaurantes costumam oferecer amesas com cadeiras, para as refeições mais longas ou em grupos.

Aqui no Brasil algumas cidades já adotam essa ideia. No entanto, existem modelos de negócio que não combinam com a existência de um bar e pessoas ao balcão. Restaurantes familiares ou voltados para jantares românticos devem dispor de mesas e cadeiras confortáveis, pois provavelmente as pessoas passarão horas ali e buscam por um ambiente mais intimista. Já lanchonetes ou espaços para refeições rápidas e descontraídas, podem contar com banquetas e balcões livremente. Veja mais sobre cada uma dessas opções:

Banquetas

Esses itens não são os mais indicados para passar longas horas sentado. A ideia é que sejam utilizadas para momentos rápidos e despojados. A vantagem é que por não ocuparem muito espaço ou atrapalharem na circulação, eles se encaixam na maioria dos layouts de circulação. Na hora de escolher banquetas para o bar ou qualquer outro ambiente, alguns aspectos funcionais devem ser analisados:

Cerutti Mobili– A altura da banqueta deverá estar de acordo com a mesa ou balcão onde será utilizada. Banquetas altas, com 70cm ou mais, são utilizadas com bancadas a 1 metro ou mais de altura. Banquetas baixas, que têm altura de cadeiras normais (50cm), são usadas com mesas de 70cm de altura. Então para saber se você precisa da banqueta alta ou baixa você precisa saber onde ela será usada. A conta geralmente é: altura do bancada menos 25-30 cm. Essa distância de 25 a 30 centímetros é ideal para se arrumar confortavelmente os braços de quem utilizará, sem ficar curvado ou esticado para comer.

– As regulagens são um bom recurso para situações em que seja necessário ter mais versatilidade. Em relação à altura, o ajuste pode permitir o uso em diferentes locais ou então com bancadas com medidas fora dos padrões convencionais. Já o sistema giratório permite que se sente e saia da banqueta com mais facilidade, sem ter que arrastar a peça ou esbarrar nas pessoas ao lado.

– Para escolher se a banqueta terá encosto, o essencial é a quantidade de tempo que a banqueta será usada, já que o encosto proporciona maior conforto. As banquetas sem encosto, por outro lado, são mais leves e podem ser encaixadas sob as bancadas quando não estiverem sendo usadas, otimizando o espaço.

– Já os apoios de pés são muitas vezes esquecidos mas fazem uma grande diferença, especialmente nas peças mais altas, quando as pessoas não alcançam o chão com os pés quando sentadas. Nessas situações, o apoio é elemento fundamental da banqueta, e sem ele ficará extremamente desconfortável usá-la.

– A quantidade de banquetas para um determinado balcão ou mesa depende do espaço disponível. O espaço para cada pessoa sentar-se com conforto é entre 60 e 70 centímetros. Portanto uma mesa ou balcão com 1,5m de comprimento não acomodará mais de 2 banquetas de maneira confortável.

– Atenção ao público que seu espaço pretende servir. Um cuidado a se tomar é em relação à utilização de banquetas em locais onde existam crianças ou idosos. Crianças e pessoas de mais idade normalmente têm dificuldade de subir e descer de banquetas.

Cadeiras

Cerutti MobiliPara a escolha das cadeiras também devemos estar atentos a critérios semelhantes: o material da cadeira, formato, se possui braço ou não, altura, tipo de encosto, estofamento e estilo.
Escrevemos um conteúdo especial só falando de cadeiras por aqui, clique para saber mais.

 Independente da escolha por cadeiras ou banquetas (ou ambas), alguns cuidados devem ser tomados de qualquer maneira quanto a durabilidade dos móveis:

Limpeza

Os móveis escolhidos para áreas de alimentação devem ser fáceis de limpar e de materiais resistentes, devido ao alto uso e alta circulação de pessoas no ambiente. Quando optar por cadeiras ou banquetas estofadas, atente-se a isso: elas devem estar sempre limpas. Prefiro tecidos sintéticos ou mantenha uma rotina forte de limpeza diária.

Resistência

Preste atenção também na resistência dos assentos. Quantos kg as cadeiras ou banquetas escolhidas suportam? Esteja ciente que um local comercial é frequentado por pessoas de todos os padrões e deve acolher a todos de forma confortável.

POSTAGENS RELACIONADAS

Novos materiais para m...

Boho Chic: Tendência...

Marcenaria planejada:...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *